skip to Main Content

FatorC

FatorC é um programa de Desenvolvimento Local de Base Comunitária – Alcabideche e São Domingos de Rana, que visa estimular a coesão social e económica, através do aumento do número de empregados e de jovens com percursos educativos e formativos completos.

O fator diferenciador deste programa é o Capital financeiro que disponibiliza, o envolvimento da Comunidade na gestão e a Coesão que pretende promover. Este FactorC pretende-se que funcione como uma cunha para o sucesso, propondo-se a criar uma discriminação positiva no acesso a oportunidades.

Até 2020, o FatorC assume-se como o programa que visa consolidar e aumentar a rede de parceiros existente para um desenvolvimento territorial até ao ano de 2020.

O Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) assenta numa lógica de proximidade e coesão das comunidades. A estratégia é delineada de forma a capitalizar ativos sociais, ambientais e económicos da comunidade focando-se nas causas dos problemas.
Na prática, as entidades são convidadas a criar a Estratégia de Desenvolvimento Local (EDL), através da participação no Grupo de Ação Local (GAL), onde são adotadas e definidas medidas para estimular e desenvolver a economia, de forma a melhorar as condições de vida das populações no território intervencionado. Esta é a característica mais distintiva do DLBC.
Ao DLBC é atribuído um fundo, proveniente do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e do Fundo Social
Europeu
(FSE), para a execução da EDL.
Até 2020, o FatorC vai gerir o valor de 2.5M€ com o objetivo de responder às necessidades evidenciadas nas freguesias de Alcabideche e São Domingos de Rana, sob o compromisso de valorização dos recursos endógenos do território.

Estas necessidades evidenciadas resultaram na identificação de dois problemas:
A. Elevada taxa de desemprego da população
B. Percursos educativos e formativos incompletos que reproduzem desigualdades de oportunidades

Para aumentar o número de empregados e de jovens com percursos educativos e formativos completos definiu-se a EDL assente em cinco objetivos estratégicos:

1 . Promover iniciativas de mercado de base local que gerem emprego e autoemprego
  – Apoiando projetos inovadores que apresentem modelos de negócio assentes nas vantagens competitivas de Alcabideche e SDR

2 . Contribuir para a promoção da igualdade de oportunidades no acesso ao emprego
   – Reforçando as condições de acesso a emprego e à criação do autoemprego de grupos vulneráveis

3 . Promover a integração dos jovens no mercado de trabalho, ensino ou formação
   – Reforçando as competências para a empregabilidade e mecanismos de transição para a vida ativa junto dos jovens NEET

4 . Contribuir para o aumento da eficácia, qualidade e atratividade do sistema de educação e formação
   – Incentivando a criação de iniciativas de articulação da educação, formação e mercado de trabalho

5 . Promover a igualdade de oportunidades em contexto escolar
   – Incentivando a criação de iniciativas que reforcem proximidade e envolvimento das famílias nos percursos educativos e formativos dos seus          educandos

Conheça a área de intervenção do FatorC:

. Localidades de Alcabideche: Abuxarda, Adroana, Alcabideche, Alcoitão, Alvide, Amoreira, Atibá, Atrozela, Bairro da Cruz Vermelha, Bicesse, Cabreiro, Carrascal de Alvide e Manique.
. Localidades de São Domingos de Rana: Abóboda, Cabeço de Mouro, Caparide, Conceição da Abóboda, Matarraque, Matos Cheirinhos, Outeiro de Polima, Polima, São Domingos de Rana, Talaíde, Tires, Trajouce e Zambujal.

O GAL do FatorC é composto por 45 entidades

A Associação Empresarial do Concelho de Cascais (AECC) é uma Associação cuja criação remonta a 1913.


Tem como objetivos desenvolver, dinamizar, promover e representar a atividade empresarial do concelho.


Os Associados têm ao seu dispor um conjunto de serviços prestados por técnicos qualificados, com grande utilidade para os seus negócios, além de acesso às vantagens concedidas através das parcerias celebradas.

http://www.aeccascais.org

close

Início :1987
Serviço: Educação ( da pré até ao 12º ano )
O público alvo são os alunos

http://www.agmra.pt

close

2 de Julho de 1911

1. A Associação Humanitária é uma instituição de carácter humanitário, sem fins lucrativos, tendo como finalidade principal a protecção desinteressada de vidas e bens, designadamente, o socorro de feridos, doentes ou náufragos e a extinção de incêndios.

2. Para além do seu fim humanitário, seu objectivo principal, a Associação poderá também desenvolver actividades no âmbito da cultura e recreio, do desporto e da saúde, para aperfeiçoamento cultural, moral e físico dos seus Associados, e ainda a prestação de assistência médica e de enfermagem, bem como prosseguir quaisquer outras actividades de reconhecido interesse comunitário no domínio da solidariedade social.

http://www.ahbvcsdr.pt/

close

Constituída em 2006, a DNA Cascais tem por objeto contribuir, por todos os meios adequados, para a promoção, incentivo e desenvolvimento do empreendedorismo em geral, com especial incidência para a promoção do empreendedorismo jovem e social no Concelho de Cascais.

A DNA Cascais apoiou nos últimos 11 anos, a criação de mais de 300 empresas e envolveu mais de 28000 alunos das Escolas do concelho de Cascais no seu projecto Escolas Empreendedoras.

A DNA Cascais, tem por principais eixos de atuação o captar, fixar e desenvolver competências e conhecimentos, através da promoção e estímulo da criatividade e inovação, num ambiente promotor de empreendedorismo, nomeadamente através das seguintes atividades:

a) Ninhos de Empresas;
b) Banco de Ideias;
c) Concursos de Ideias sobre empreendedorismo;
d) Artciculação com o Clube de Business Angels de Cascais
e) Organização de seminários, conferências, visitas de estudo e outras actividades similares, a nível nacional e internacional;
f) Promoção e acções de informação e de formação sobre empreendedorismo;
g) Filiação ou colaboração com outras organizações nacionais ou internacionais que prossigam objectivos idênticos;.

http://www.dnacascais.pt

close

Alcabideche foi habitada por diversos povos, de origens e culturas ibéricas, romana, e árabe.

Depois dos romanos, a presença da civilização árabe foi particularmente marcante. Segundo alguns toponimistas, crê-se que Alcabideche é uma palavra árabe “al-qabdaq” que significa “fonte de água,” atribuindo o existência de duas grandes fontes deste localidade, a “da vila que é muito diurética e cura a dor de pedra e a de fartapão que cura a diarreia.”

No período do domínio árabe, a população era essencialmente rural. Disto se refere o poeta luso-árabe do Séc. XI, Ibne Mucana, que nasceu e viveu em Alcabideche. “Ó tu que vives em Alcabideche, e oxalá nunca te faltem, nem grãos para semear, nem cebolas, nem abóboras, se és homem de decisão precisas de um moinho, que funcione com as nuvens sem necessidade de regatos.”

O crescimento de Cascais para fora das muralhas do primitivo castelo obrigou a criação da freguesia de São Vicente de Alcabideche em 1841.

Serviços: Atestados, Taxas, Desporto, Escolas, Cemitério, Recenseamento, Registo de Canídeos, Ação Social, Cemitério, Saúde, Espaço Público, Toponímia, Ambiente, Trânsito e Transportes Públicos, Colectividades/Associativismo, Cultura entre outros.

http://www.jf-alcabideche.pt

close

O CRID é uma Instituição Particular de Solidariedade Social criada em 1 de Março de 2000, também registada como IPSS da Saúde.

Desenvolve ações em diversos domínios de intervenção dirigidas prioritariamente às pessoas com deficiência através de respostas integradas e adaptadas aos seus problemas concretos. Na área da Saúde tem a funcionar o Centro de Medicina Física e de Reabilitação e fisioterapia em todas as suas valências.

Tem acordos com ARSLVT, e está aberto à comunidade. Na área Social tem um Centro de Atividades Ocupacionais para jovens adultos com deficiência; um Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário.

http://www.crid.pt

close

A Fundação AJU – Jerónimo Usera é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), que desde 2001 acompanha 350 famílias no concelho de Cascais.

Tem como missão desenvolver ações e projetos através de um trabalho de proximidade, que contribuam ativamente para a promoção integral da pessoa humana e da família, atendendo em especial aos mais desfavorecidos e marginalizados da comunidade.

Disponibiliza serviços e atividades através do Gabinete de Ação Social, da Equipa de Rendimento Social de Inserção, do Gabinete de Psicologia e do Gabinete de Projetos:

1. Infância e Juventude (Crescer, Ludoteca, Escolinha de Futebol e Colónia de Férias)
2. Vida Adulta e parentalidade (Bebé ao Colo, Recriar, Ser Capaz, Virar a Página e Serviço de apoio a mães e pais)
3. Envelhecimento ativo/sénior (Clube Sénior e Samaritanos)
4. Intervenção Social e comunitária (Apoio para bebés, Projeto Recolhas – Mercearia Social, Loja de Roupa).

A AJU iniciou recentemente a dinamização de um Quiosque aberto ao público em geral, que pretende contribuir para a melhoria da vida de famílias carenciadas através da venda de produtos e serviços.

https://ajusera.com/

close

A atividade deste centro teve início a 4 de Agosto de 1961.

Através das respostas sociais de Creche , Pré-Escolar e ATL, prestamos apoio a cerca de 400 crianças entre os 5 meses e os 15 anos.

Apoiamos a população idosa através das respostas sociais de Apoio Domiciliário, Centro de Dia e Centro de Convívio num total de 110clientes.

Para além destas respostas sociais estabelecemos parcerias com outras entidades, o que nos permite diversificar a prestação dos nossos serviços:

Atividades de enriquecimento curricular, Atividades de animação e apoio à Família e Ludobiblioteca
Apoios pecuniários, ajudas técnicas, apoio nos medicamentos e fraldas, entre outros.

http://www.cspsdr.pt

close

A ARESC – Associação de Respostas Educativas e Sociais à Comunidade iniciou seu trabalho como uma associação sem fins lucrativos em 2011, e obteve em 2014 o estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social – IPSS.

Esta situada no Concelho de Cascais e presta apoio à 220 famílias com um universo de mais de 600 pessoas, prioritariamente as famílias em situação de risco e vulnerabilidade social da Freguesia de São Domingos de Rana.

Possui como valências o atendimento Social, que assegura o apoio alimentar com protocolos do Banco Alimentar, Zero Desperdício e doações de grandes superfícies e do comércio local .

O apoio pecuniário, e medicação com protocolo do Cascais mais Solidário e ainda nesta valência, possui uma loja social, a AlterNativa, que colmata a necessidade de roupas, calçados, brinquedos e utensílios de casa das famílias apoiadas, que não possuem rendimentos e possui a venda ao público em geral com preços simbólicos.

Além do atendimento Social, também presta apoio Jurídico e atendimento Psicológico às famílias que acompanha e/ou encaminhadas por parceiros da Rede Social.

Desenvolve também formações pontuais com temas de relevância apara a população que atende e mantém um curso contínuo de alfabetização para adultos.

Para assegurar esta estrutura conta com o trabalho de 30 voluntárias/os, nos quais estão incluídos os membros da direcção e corpo técnico.

http://www.aresc.pt

close

A TESE é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) fundada no ano de 2002. Na TESE acreditamos que é possível construir um ciclo de soluções socialmente inovadoras e sustentáveis como resposta a necessidades tradicionais e emergentes, promovendo e desenvolvendo ações/projetos que fortaleçam a sociedade em Portugal e em países em desenvolvimento.
Prestamos apoio, desde a conceção à implementação, a projetos que visem:

· Integrar jovens na vida ativa;
· Capacitar o setor social;
· Cooperação para o desenvolvimento.
Disponibilizamos serviços de consultoria a organizações que visam crescer enquadradas numa estratégia ética e sustentável, nas áreas de:
· Estratégia e gestão para a inovação social;
· Desenvolvimento de competências, políticas públicas e conhecimento.
Desenvolvemos estudos e trabalhos de investigação sobre as dinâmicas sociais, que acompanham e mapeiam a evolução das necessidades coletivas.

http://www.tese.org.pt/

close

Com 208.000 habitantes divididos por quatro freguesias, o concelho de Cascais é marcado por uma vivência cosmopolita/tradicional, que faz desta zona um dos destinos de férias mais procurados na Europa e não só. Mas a essência de Cascais é determinada pelos seus cidadãos, aqueles que habitam no concelho e que fazem dele o melhor sítio para viver.

Internamente o nosso lema é: “Tudo começa nas pessoas” e isso implica compreender as necessidades da população e ir ao seu encontro, promovendo o desenvolvimento de atividades ao longo de todo o ano nas diversas áreas: Desporto, Educação, Cultura, Família, Cidadania, Lazer, Intervenção Social e Promoção da Saúde, Emprego e Gestão do Território.

Intervir em zonas prioritárias é um investimento no futuro e nada melhor que programar essa intervenção estabelecendo parcerias e oferecendo soluções ao alcance de cada um.

https://www.cascais.pt/

close

A Fundação “O Século” foi criada em 1998, com o objetivo de prosseguir a obra social da antiga Colónia Balnear Infantil “O Século”, criada em 1927, por João Pereira da Rosa, o então diretor do Jornal “O Século”. Foi na antiga Colónia Balnear que milhares de crianças desfavorecidas viram o mar pela primeira vez e tiveram umas merecidas férias.

Um ano depois de ser criada, em Junho 1999, a Fundação “O Século” foi reconhecida como Fundação de Solidariedade Social, com o estatuto de Utilidade Pública.

Noventa anos depois, a Fundação “O Século” tem uma vasta obra social, que vai muito para além das colónias de férias. Atualmente, a Instituição apoia, diariamente, mais de 800 pessoas, entre crianças, idosos e famílias carenciadas, através das suas várias áreas sociais.

Os Lares de Acolhimento de crianças e jovens em risco “Casa do Mar e a “Casa das Conchas”, que albergam 40 crianças e jovens institucionalizados; as “Casas da Ponte”, apartamentos de autonomização; o “Século dos Pequeninos”, que alberga 85 crianças na Creche e o Pré-escolar; a Loja Social; o Serviço de Apoio Alimentar, que distribui mais de 100 refeições diárias; o Serviço de Apoio Domiciliário, apoiando, diariamente, idosos e pessoas acamadas ou com mobilidade reduzida; o Programa de Emergência Alimentar (Cantina Social) que distribui refeições a pessoas carenciadas; o Centro de Apoio à Família e Aconselhamento Parental “Relógio de Areia”; e o projeto TAKE.IT – E5G | Talentos e Artes com Kreatividade e Empreendedorismo, que atua juntos dos jovens, tentando combater a problemática da desocupação juvenil nos bairros da Torre e Galiza, em Cascais, são as diferentes valências sociais que dão corpo à vasta obra social da Fundação.

Não esquecendo as suas raízes, todos os verões centenas de crianças continuam a ter as merecidas férias em São Pedro do Estoril.

Após o encerramento da Feira Popular de Lisboa, principal financiador da Instituição, com o objetivo de encontrar novas formas de financiamento e visando alcançar a autossustentação, a Fundação “O Século” decidiu apostar no empreendedorismo social, avançando para a criação de novos negócios sociais: O Turismo d’ “O Século”, Cozinha d’ “O Século e Lavandaria d´ “O Século”.

http://www.oseculo.pt

close

Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Cascais

close

O Agrupamento de Escolas de Alcabideche, criado em 26/08/2003, é constituído pelas seguintes escolas:
Escola Básica de Alcabideche – Sede do Agrupamento
Jardim de Infância Cesaltina Fialho Gouveia
Jardim de Infância Fátima Campino
Escola Básica Professora Maria Margarida Rodrigues
Escola Básica do Alto da Peça
Escola Básica Bruno Nascimento
Escola Básica Gracinda Antunes Valido
Escola Básica Malangatana

A lecionação é feita do Pré-Escolar ao 3º ciclo. Há duas Unidades de Ensino Estruturado do espectro do autismo. Uma do 1º ciclo na Escola Básica Malangatana e outra dos 2º e 3º ciclos na escola sede.

Além das turmas de percurso normal, existem turmas de percurso curricular alternativo (PCA) do 5º ao 9º ano.

Existem, na escola sede, 4 turmas do Programa Integrado de Educação e Formação (PIEF).

O agrupamento tem ainda a lecionação no Estabelecimento Prisional do Linhó, dos Cursos de Educação e Formação (EFA). Uma turma EFA B1, uma turma EFA B2 e quatro turmas EFA B3. Em duas turmas EFA B3, em colaboração com o Centro Protocolar da Justiça é feita a dupla certificação, escolar e profissional.

http://www.aealcabideche.pt

close

A Rota Jovem é uma associação juvenil, sem fins lucrativos, sediada em Cascais, que promove e apoia atividades para jovens desde 1992. O segredo da associação é ser uma porta aberta a projetos novos, uma oportunidade para os jovens concretizarem as suas ideias e sonhos, com o apoio de uma organização.

Atualmente, contamos uma acumulada base de sócios que participam e dinamizam atividades em áreas tão diversas como a aprendizagem intercultural, a participação e o voluntariado, a Europa e os jovens, a mobilidade internacional, a consciência ambiental, desporto, entre outras.

O nosso impacto estende-se além Cascais, quer a nível nacional, quer internacional, através dos muitos projetos de mobilidade internacional efetuados.

http://home.rotajovem.com/

close

O FatorC foi suscitado por um convite público da Câmara Municipal de Cascais que apelava à participação na elaboração de um programa de Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) às entidades com interesse em desenvolver ações na área de empregabilidade, empreendedorismo, emprego, educação e formação, em Alcabideche e São Domingos de Rana.

Alcabideche e São Domingos de Rana, comparativamente às freguesias litorais de Cascais/Estoril e Carcavelos/Parede, apresentam indicadores socioeconómicos abaixo da média do concelho.
O Grupo de Ação Local (GAL), atualmente constituído por 45 entidades, realizou seis sessões de trabalho nas quais identificaram os principais problemas e a estratégia para a sua resolução.

O FatorC assume-se assim como o programa que visa contribuir para o aumento no número de pessoas empregadas e o número de jovens com percursos educativos e formativos completos, como forma a quebrar a reprodução do ciclo de pobreza.

O evento de lançamento decorreu no DNA Cascais e contou com a participação de todos os intervenientes no processo de candidatura do DLBC e de vários representantes da comunidade e d o tecido empresarial.

A TESE é a entidade gestora do FatorC, eleita por unanimidade pelos membros constituintes do GAL.

Back To Top